×

Pickup Store.

Pickup Store.

O modelo de pick up store está ganhando cada vez mais força e aderência dos clientes. Se você é vendedor, vale a pena ficar de olho na tendência e já começar a estudar como implementar no seu negócio. Para se ter uma ideia, as vendas desse tipo do Walmart triplicaram entre 2019 e 2021. A receita foi de US$7 bilhões para US$20 bilhões. Mas você sabe o que são e como funcionam as vendas “pick up”? Não? Então continue lendo o artigo para aprender! O que é pick up store? O pick up store se refere às vendas realizadas online, mas que o cliente pode fazer retirada fisicamente. Ou seja, o atendimento é pela loja virtual, mas o lojista utiliza o estoque das lojas físicas para atender o pedido. Esse modelo pode resultar em boas economias para o empreendedor. Afinal, ao invés dos centros de distribuição cumprirem a ordem do pedido, a própria loja é a fonte de estoque. É o famoso “retirar na loja”. Para o cliente, isso pode significar economia de frete e entrega mais rápida. Qual a diferença entre lockers, pick up point e pick up store? Os lockers e pick up point são modelos de venda semelhantes ao pick up store, mas a logística é um pouco diferente. Locker Enquanto os pedidos do tipo pick up store são atendidos pelos estoques das lojas da mesma marca mais próximas aos clientes, as vendas por meio de lockers não necessariamente. Além disso, um locker não necessariamente fica em uma loja física. Lockers são armários com senhas, geralmente instalados em locais públicos, como shoppings, postos de gasolina etc. O cliente pode fazer uma compra online e solicitar a entrega da mercadoria em um desses armários. Logo, ao invés de ir até uma loja, o cliente poderá recolher seu produto no armário desejado, instalado perto de sua casa ou residência (ou até mesmo em outro país). Para acessar esse armário, pode ser necessário pagar uma taxa. Pick up point O pick up point tem uma logística também parecida. Porém, o ponto de retirada é em lojas e estabelecimentos parceiros, e não na loja física da mesma marca que está vendendo online. É uma opção para pequenos negócios, por exemplo, que ainda não possuem lojas físicas. Todos esses modelos também reduzem o tempo de espera, já que a transportadora não levará o produto diretamente na residência do comprador. E justamente por isso, para o vendedor, o custo operacional também é menor. Mulheres segurando e observando jóias e bijuterias Quais são as vantagens deste modelo de venda? Se você pensa em adotar o pick up store ou até o pick up point no seu negócio é importante pensar com cuidado em toda a logística da venda. Afinal, trata-se de um modelo de entregar diferente, que requer mais agilidade e estoque de produtos. Mas existem muitas vantagens significativas, tanto para o empreendedor quanto para o cliente, que fazem valer a pena: redução de gastos com transporte redução do preço final do produto menor prazo de entrega melhor concorrência no mercado (já que dá mais opções de entrega ao cliente) mais oportunidades de converter vendas atrair clientes para conhecerem também a loja física + Pequenos negócios: veja como começar a vender online Como implantar e montar um pick up store? Se você já tem seu próprio estabelecimento físico, a implementação das vendas “pick up” ou “retire na loja” é uma questão de logística. Ao fazer as vendas no site, precisa garantir que o estoque dos produtos esteja disponível na loja dentro do prazo combinado com o cliente. Atentar-se a esse fato é fundamental para garantir uma experiência de sucesso no modelo. Se o cliente chegar na loja física, após já ter gasto dinheiro de transporte até o local, e não encontrar o produto, poderá render problemas e reclamações. Outro ponto importante é o balcão de retirada. Se seu estabelecimento é pequeno, a retirada pode ser feita no próprio caixa. Porém, o mais recomendável é um balcão específico para esse tipo de atendimento – principalmente se você realiza muitas vendas pick up. Assim, o cliente tem uma experiência mais direcionada e um atendimento mais agilizado. No caso de lockers e pick up points a logística deve ser direcionada ao estabelecimento parceiro onde o cliente fará a retirada do produto. O cuidado também deve ser dobrado para evitar transtornos, não somente com o estoque, mas também com a logística de senhas e identificação do cliente para retirada dos produtos.

Publicar comentário