×

Cartão OuroCard.

Cartão OuroCard.

Se você tem uma empresa ou possui a intenção de abrir um negócio, o cartão de crédito Ourocard Empreendedor é mais uma opção do mercado para pagar suas contas. Mas será que ele é bom mesmo? Para responder a esta pergunta, é necessário conhecer o cartão e quais são as vantagens e desvantagens que ele apresenta. Porém, vale adiantar que o produto não é limitado somente a quem possui um CNPJ. Pessoas físicas também podem adquiri-lo. Quer saber tudo sobre o cartão para empreendedores do Banco do Brasil? Então continue lendo o artigo! Como funciona o cartão de crédito Ourocard Empreendedor? O cartão de crédito Ourocard Empreendedor foi lançado pelo Banco do Brasil em 2019, com o objetivo de atender pessoas empreendedoras – que já possuem um negócio formalizado ou pretendem abrir. Na modalidade para pessoas jurídicas, é preciso que o faturamento anual seja de até R$1 milhão. Já pessoas físicas precisam ter renda mínima de R$1 mil por mês, de acordo com a VIsa. Para quem já é formalizado, ele funciona como um cartão de crédito PJ. Por isso pode dar acesso a benefícios exclusivos para quem atua como pessoa jurídica e facilitar o dia a dia da empresa, até mesmo funcionar como uma ferramenta de capital de giro. Além de estar disponível também para pessoas físicas, outro diferencial é a possibilidade de isentar da anuidade – de acordo com o gasto mensal. O limite do cartão também varia, sendo estabelecido de acordo com a renda do titular. Algumas características e funcionalidades do cartão são: bandeira Visa – com acesso ao programa Vai de Visa abrangência internacional saque emergencial parcelamento da fatura em até 24 vezes fatura digital fatura em débito automático controle de gastos pelo aplicativo até 40 dias para pagar, dependendo do vencimento da fatura Confira a seguir algumas respostas para as principais dúvidas sobre o cartão. Home segura um celular e um cartão de crédito Ourocard Empreendedor Cartão de crédito Ourocard Empreendedor pode ser isento de anuidade Quem tem nome sujo pode contratar? O cartão de crédito Ourocard Empreendedor está sujeito à aprovação de crédito. De modo geral, são aceitos os pedidos de pessoas com o score médio ou alto. Portanto, quem tem o nome sujo até pode tentar contratar o produto. Mas as chances de aprovação do crédito são baixas. + 7 melhores opções de cartões de crédito sem consulta ao SPC e Serasa Qual é o limite do cartão Ourocard Empreendedor? Diferentes de outros tipos de cartões para empreendedores, o Ourocard Empreendedor não tem um limite de crédito preestabelecido. O teto mensal é estabelecido no momento da contratação, de acordo com a renda ou faturamento mensal do titular. Esse limite pode ser revisado com o tempo, conforme o histórico de gastos mensais e a partir do pedido do cliente. Qual é o valor da anuidade? O cartão de crédito Ourocard Empreendedor possui anuidade de 12 parcelas de R$5. Ou seja, um total de R$60 por ano. Porém, a anuidade é zerada se o titular gastar R$100 na fatura mensal. O cartão de crédito Ourocard Empreendedor é bom? Para responder a esta pergunta é necessário levar em consideração os pontos positivos e negativos do produto e compará-los com as necessidades do titular. Além disso, cabe realizar uma pesquisa na internet, em sites como o Reclame Aqui ou redes sociais, para checar a opinião de outros clientes. De modo geral, a aceitação no mercado é positiva, embora existam opções de cartões com mais vantagens para determinados perfis. Para ajudar, listamos algumas vantagens e desvantagens do cartão de crédito Ourocard Empreendedor a seguir. Vantagens: cobertura internacional parcelamento da fatura não precisa ter CNPJ benefícios do programa Vai de Visa anuidade acessível, se comparada a outros cartões da categoria Desvantagens: isenção da anuidade é condicional somente para pequenos negócios (faturamento de até um milhão) precisa ser correntista do banco (no caso do cartão PJ) aprovação sujeita à análise de crédito não tem programas de milhas, pontos ou cashback Em resumo, o Ourocard Empreendedor tem um público alvo bem específico: empreendedores, com ou sem CNPJ. Pode ser vantajoso para pagar contas da empresa ou até como ferramenta de capital de giro, sem anuidade muito alta (ou até zerada). Porém, não será o melhor produto para atender quem busca mais benefícios para compras rotineiras, como cashback e programa de pontos. Neste caso, existem opções mais completas no mercado. Como solicitar o cartão? Atualmente, é necessário ir até uma agência do Banco do Brasil para solicitar o cartão de crédito Ourocard Empreendedor. O endereço da mais próxima pode ser consultado no site do banco. Se atender aos requisitos, o cliente pode obter a autorização de crédito na hora ou após alguns dias (o saldo deve ser consultado no momento da contratação). Para fazer o pedido, é recomendado levar os documentos básicos, como: identidade (ou CNH), CPF, comprovante de residência e documento de comprovação de renda. No caso de pessoas físicas, este último pode ser representado por holerites e comprovantes do Imposto de Renda, por exemplo. Já PJs podem comprovar o faturamento com extratos contábeis, notas fiscais ou similares.

Publicar comentário