×

Bolsa Permanência.

Bolsa Permanência.

Se você é estudante das faculdades federais, temos uma ótima notícia: já estão abertas as inscrições para o Programa de Bolsa Permanência (PBP) 2022. O valor a ser pago este ano para os estudantes é de R$900. Mas se você ainda não conhece este programa ou não sabe se pode ser um dos beneficiados, fique tranquilo que nós iremos te ajudar. A primeira coisa que você precisa saber é que o programa é voltado para quem faz cursos de graduação presencial em faculdades federais. Então qualquer pessoa pode se inscrever? A resposta é não, existem alguns requisitos para isso que você vai descobrir mais abaixo. Mas afinal, o que é a Bolsa Permanência? Para quem não conhece ainda a Bolsa Permanência, é um programa do governo federal que oferece auxílio financeiro com o objetivo de minimizar as desigualdades sociais, étnico-raciais. Além de contribuir na permanência dos estudantes de graduação que estão em situação de vulnerabilidade. + Veja como conseguir uma renda extra durante a faculdade Isso vale especialmente para a população estudantil quilombola e indígena. Mas, para isso, é preciso estar matriculado nos cursos presenciais oferecidos nas instituições e/ou institutos federais de ensino superior. pessoas estudando Estudantes de faculdades federais podem se inscrever no Bolsa Permanência 2022 O auxílio financeiro tem o valor de R$900, que é pago mensalmente pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Vale ressaltar que o benefício só é pago após os beneficiários terem a bolsa homologada pela universidade federal, nos termos estabelecidos no art. 5º da Portaria MEC nº 389/2013. Quem tem direito ao Bolsa Permanência 2022? Agora que você já sabe o que é o Bolsa Permanência, chegou a hora de você saber se pode ou não se candidatar ao programa. E para isso, é preciso cumprir, cumulativamente, as condições abaixo: estar matriculado em curso presencial de graduação ofertado por instituição federal de ensino superior; comprovar a condição de estudante indígena ou quilombola, nos termos do inciso II do Anexo I da Portaria MEC nº 389/2013; não ultrapassar dois semestres do tempo regulamentar do curso de graduação em que estiver matriculado para se diplomar; ter assinado o Termo de Compromisso conforme Anexo II da Portaria MEC nº 389/2013; V – ter seu cadastro devidamente aprovado e mensalmente homologado pela instituição federal de ensino superior no âmbito do sistema de informação do programa. Inscrições do Bolsa Permanência 2022 abrem nesta segunda, 24 Interessados que atendam aos requisitos já podem se inscrever para o programa Bolsa Permanência 2022. As inscrições começam nesta segunda-feira, 24, e vão até o dia 28 de fevereiro. Mas, como as inscrições são feitas? Publicada no Diário Oficial da União, uma portaria indica que elas deverão ser realizadas pelo Sistema de Gestão da Bolsa Permanência (SISBP) durante o período informado. Como se inscrever na Bolsa Permanência? Realizar a inscrição para o Bolsa Permanência é bem fácil. O primeiro passo é ficar atento ao cronograma para não perder o prazo e acessar o site do SISBP, como informado acima. Em seguida, será realizada uma análise de toda a documentação comprobatória de elegibilidade do estudante. Nessa etapa também será realizada a aprovação do cadastro no sistema. Ambas serão realizadas pelas instituições federais de ensino. O prazo para a análise da documentação e da aprovação do cadastro será de 24 de janeiro a 31 de março. + Saiba como escolher a melhor faculdade. Confira 3 dicas! Durante este mesmo período também ocorrerá a análise da documentação comprobatória de elegibilidade do estudante ao programa e a aprovação do respectivo cadastro no sistema pelas instituições federais de ensino superior. O Ministério da Educação informa que as vagas disponíveis no programa considerará o quantitativo de alunos matriculados e de alunos cadastrados no programa. Isso por instituição e considerando o término do exercício anterior.

Publicar comentário