×

Restaurante NFT.

Restaurante NFT.

Você não leu errado, o primeiro restaurante NFT do mundo será inaugurado em 2023. Mas você sabe o que isso significa? Esquisito, sim. Mas tem uma explicação para isso. Só que para entender o que é um restaurante nesse formato, primeiro você precisa entender o que são as NFTs e como elas funcionam. O que é uma NFT? NFT é a sigla de Non-Fungible Token, que significa token não fungível. Basicamente, é um certificado digital de propriedade que ninguém pode copiar. Esses tokens, embora possam ser copiados e reproduzidos a partir do original, possuem uma validação própria e única. É o que os torna raros e caros. Exemplo: as NFTs do macaco, que o jogador de futebol Neymar e o cantor Justin Bieber compraram. Parecem meros desenhos de primatas, mas possuem um token próprio – um código protegido pela blockchain – que não pode ser copiado e que certifica a propriedade apenas para seus compradores. Uma forma de entender qual o valor da NFT no mercado é ter em mente o seguinte: as pessoas até podem copiar o desenho ou meme ou o quer que seja a NFT, mas somente quem possui o seu token original pode vendê-la (muitas vezes, por um preço mais alto). Qualquer coisa pode ser transformada em um token não-fungível, desde que seja certificada sob esse token único. É como se fosse uma obra de arte original que pode até se valorizar com o tempo. Ilustração mostra um homem admirando uma imagem digital de NFT emoldurada na parede Restaurante somente para quem comprar suas NFTs será inaugurado em Nova York Como vai funcionar o restaurante NFT? Com a popularidade das NFTs cada vez maior, esse tipo de item começa a expandir suas fronteiras para além do ambiente virtual. É daí que surge o restaurante NFT. Calma, não se trata de um estabelecimento que é situado no ambiente virtual, como os tokens. Na verdade, é um serviço que será destinado apenas a pessoas que possuem a NFT do local. O Flyfish Club, em Manhattan, Nova York, vai oferecer serviço apenas para quem tiver uma Flyfish NFT, que é o token não-fungível do próprio estabelecimento. Quanto vai custar? De acordo com o The Washington Post, o cliente precisará ter, pelo menos, um Flyfish NFT. O ativo digital poderá ser comprado utilizando criptomoedas. Em janeiro deste ano, o restaurante NFT já lançou 1.501 tokens e arrecadou cerca de 15 milhões de dólares. O token mais barato custa 13,6 mil dólares. Ou seja, aproximadamente R$72 mil (na cotação do dia). Mas outra categoria de token, que dá acesso a serviços ainda mais exclusivos – como sala privada que serve omekase com receitas criadas por chefs –, custam 29,5 mil dólares. Ou seja, em torno de R$159 mil. Mas isso é apenas o passo para entrar no restaurante e ter acesso aos serviços. As refeições serão pagas normalmente, em dólar americano. Como será o restaurante NFT? O Flyfish Club é um empreendimento que pertence ao VCR Group, grupo do empreendedor Gary Vaynerchuck. Mas o estabelecimento ainda não foi inaugurado. Em obras desde agosto, a previsão é que seja aberto em 2023 em Manhattan, Nova York. O local incluirá um bar e um restaurante de frutos do mar com 150 lugares. David Rodolitz, fundador e CEO do VCR, disse que acredita que algumas pessoas compraram a NFT do restaurante mesmo sem ter a intenção de ir ao local. Afinal, uma NFT também pode ser adquirida como investimento. Mas por isso Rodolitz reteve 1.500 tokens adicionais que poderão ser distribuídos depois. É a primeira vez que um token não-fungível é colocado no mercado desta forma, como uma moeda de troca. Mas a tendência é que esse tipo de uso, se der certo, seja reproduzido por outros estabelecimentos. Aliás, esses tokens ainda são nenéns, acabaram de chegar e estão se popularizando agora. O futuro dos ativos digitais ainda reserva muitas inovações e utilidades, que superarão o restaurante NFT.

Publicar comentário