×

Plataformas Bitcoin.

Plataformas Bitcoin.

Realizar a compra e venda de Bitcoin é bem simples. Na maioria das vezes, as negociações ocorrem em sites chamados “exchanges”, que são plataformas de negociação de criptomoedas. Em outras palavras, as exchanges são as corretoras de criptomoedas. E funcionam assim como atuam as corretoras de Bolsa de Valores. No Brasil, existem dois fatores importantes de se considerar: Confiabilidade/segurança: quanto maior (mais utilizada), melhor, pois tende a ser mais confiável. Conhecer a empresa que atua por trás da operação também é importante para evitar fraudes. Taxas: para fazer depósitos, retiradas e trades, existem taxas. Então é interessante comparar para fazer uma boa escolha. A forma de compra e venda de Bitcoin mais segura possível é através de exchanges. Veja as melhores: 1 – Foxbit Primeiramente, a Foxbit possui sede em São Paulo e foi criada por João Canhada e Guto Schiavon em 2014. Ela realiza negociações em Bitcoin, Ether, Litecoin, TrueUSD e XRP. Além disso, a abertura de conta é gratuita e pode ser realizada pelo celular. 2 – Coinext A Coinext é uma das principais exchanges de bitcoin brasileiras. Fundada em 2018 por três sócios, logo em seu primeiro ano foi a exchange que mais ganhou mercado (Market share) no Brasil, segundo relatório da XDEX. As moedas listadas lá são as maiores do criptomercado. Ou seja, Bitcoin, Ethereum, Litecoin, Ripple, Bitcoin Cash e USD Tether. 3 – Novadax Antes de mais nada, a NovaDAX é uma exchange brasileira que atua globalmente e oferece diversos serviços para negociação de criptomoedas. A exchange faz parte do grupo chinês – Abakus – e atua com um time de atendimento, comercial e marketing local. Por isso, une o melhor dos dois países – tecnologia de ponta e ótimo atendimento ao público. Então, o grupo Abakus tem escritórios em vários países como, Estados Unidos, Brasil, Suíça, diversos países no sudeste asiático e a matriz em Pequim, na China. 4 – BitcoinToYou A BitoinToYou é uma das exchanges de bitcoin brasileiras mais tradicionais do mercado, funciona desde 2010 para facilitar a compra e venda de ativos digitais. Sobretudo, com uma base de 350 mil clientes ativos, ela é uma das maiores do país. A exchange conta também com atuação internacional. Dessa forma, une a tradição com boas oportunidades de negócios. 5 – Mercado Bitcoin Fundada em 2013, o Mercado Bitcoin está entre as 50 exchanges mais confiáveis do mundo, segundo o Blockchain Transparency Institute (BTI). Além disso, a empresa já conta com mais de 1.800.000 clientes e, apenas em 2019, aproximadamente R$12 bilhões foram negociados pela plataforma. 6 – BitcoinTrade A corretora foi fundada em 2017 e é considerada uma das mais seguras da América Latina, já que possui armazenamento off-line, o que reduz o risco da perda de criptomoedas. Ainda assim, a BitcoinTrade também possui o certificado EV SSL de autenticidade e utiliza dupla verificação em suas operações. 7 – Braziliex Em primeiro lugar, a Braziliex é uma exchange brasileira fundada em 2017. É conhecida por disponibilizar Ethereum, Tether, Litecoin e mais 10 Altcoins disponíveis no mercado de criptomoedas para negociação além do Bitcoin. 8 – Brasil Bitcoin Fundada em 2018, a corretora já negociou mais de R$300 milhões desde sua fundação, bem como realizou mais de 300 mil transações e conta com mais de 70 mil clientes. 9 – BitBlue Outra opção de plataforma para você comprar e vender Bitcoin é a fintech BitBlue. Para quem não conhece, ela é o braço de operações de criptomoedas da operadora B&T. Uma das principais vantagens da plataforma, que foi lançada em 2018, é a integração dos principais ativos com o sistema bancário. Isso possibilita agilizar a transferência de valores, além disso as taxas de ordem são abaixo da média do mercado. Vale ressaltar ainda que a corretora de Bitcoin exige dos clientes identificação e está sempre investindo em tecnologia da informação. O principal objetivo é oferecer uma maior proteção e segurança nas transações realizadas. 10 – Walltime A Walltime foi eleita a melhor plataforma de exchange quatro vezes pelos investidores. Ela está em operação no Brasil desde 2013 e é considerada a mais segura do país. Uma das grandes vantagens da Walltime é a facilidade de mexer na plataforma, além de ela ser totalmente em português o que deixa mais simples a usabilidade e experiência do usuário. E para garantir a segurança do cliente, todos os fundos depositados são guardados em diversas carteiras criptografadas. Compra e venda de Bitcoin de pessoas físicas Também é possível realizar a compra e venda de Bitcoin de pessoas físicas. Nesse sentido, os interessados deverão ter as suas respectivas carteiras bitcoin e contas bancárias em caso de troca por moeda fiduciária. Contudo, a transferência bancária para a disponibilidade de moeda fiduciária pode levar dias. Além de ter a necessidade de várias confirmações de transação na rede. Notebook com tela de Bitcoin e fundo dourado Bitcoin é uma moeda digital sem a interferência de bancos Esse processo visa garantir a disponibilidade da criptomoeda na carteira Bitcoin. Porém, essa demora, em muitos casos, é onde acontecem os casos de fraude. A fraude ocorre porque uma das partes não cumpre o seu compromisso. Ou uma das partes não envia a transferência bancária ou cancela logo de notificar a sua contraparte. Caixas automáticos e lojas físicas Em alguns países já existe a possibilidade de Compra e venda de Bitcoin em caixas automáticos. Dependendo da sua capacidade, é possível trocar criptomoedas por dinheiro (o mais comum) ou também vender bitcoins por ele. Para utilizar uma caixa de bitcoins, o usuário deve ter uma carteira de criptomoedas em qualquer dispositivo de fácil mobilidade. Também existem milhares de lojas físicas ou quiosques ao redor do mundo. Elas permitem comprar bitcoins com dinheiro ou cartões de débito. Tal como os caixas automáticos, os quiosques cobram uma porcentagem fixa da quantia da transação executada (tipicamente 5% e 16%).

Publicar comentário